Com a primavera surgem diversos cuidados que você precisa tomar para evitar algumas alergias.

 

Mais uma vez estamos entrando na Primavera e com as flores e as rosas surgem diversas alergias e cuidados que você deve tomar durante essa linda época do ano.

 

 

Como é um período em que existe muito pólen no ar as coceiras começam a aparecer. São desde problemas respiratórios (bronquites, asma e etc.) até conjuntivites. Por ter tanto pólen no ar a chance de adquirir uma conjuntivite primaveril é grande. Neste momento sintomas como coceiras nos olhos, ardor, inchaço, vermelhidão, lacrimejamento e secreção são indícios de uma conjuntivite. É bom procurar um médico oftalmologista e marcar uma consulta.

 

 

 

 

Separamos algumas dicas que podem lhe ajudar a diminuir as chances de uma conjuntivite.

 

São elas:

 

1 – A primeira boa medida é retirar todas as cortinas, tapetes e pelúcias que possam juntar poeira ou pólen;

 

 

2 – Deixe circular bem o ar na sua casa e possibilite que sua casa receba luz do dia. Caso more muito próximo a áreas urbanas procure fazer isso nos horários de menor circulação de veículos;

 

 

3 – Tome cuidado ao limpar sua casa durante essa época. Evite espalhar ainda mais o pó! Use um pano limpo umedecido para passar no chão e diminuir os acúmulos de poeira. O pano úmido faz com que a poeira grude facilitando o seu trabalho. Dê preferência aos panos de limpeza que não soltam fiapos ou linhas de algodão;

 

4 – Evite as horas do dia em que a ação do pólen é de maior intensidade. Evite especificamente os horários entre as 5:00 horas e 10:00 horas da manhã.

 

 

Se você fez uso de todas essas dicas e mesmo assim os sintomas persistem procure um médico oftalmologista. Diga não a automedicação e visite um especialista. Não cuidar de uma conjuntivite alérgicas pode causar cicatrizes, olho seco e o comprometer sua visão. Não corra esse risco.

 

Se você adquiriu a conjuntivite primaveril evite o uso de lentes de contato até acabar o tratamento indicado pelo seu médico oftalmologista. Lágrima artificial e compressas frias irão aliviar o incômodo.

 

 

Precisamos informar que esse tipo de conjuntivite não é contagiosa. É uma alergia que não vai lhe impedir de executar suas tarefas do dia-a-dia. Em casos onde existe a exposição de fumaça, poeira, pó, agentes químicos ou qualquer tipo de substância que possa irritar os seus olhos, o melhor a se fazer é evitar.

 

Após a visita ao Oftalmologista os sintomas persistirem o melhor é visitar novamente o seu médico.

 

#NewLentes 

Written by newlentes

Comentários