De olho no Dia Nacional do Fotógrafo

No mês de janeiro, no dia 8 é comemorado o Dia Nacional do Fotógrafo. O que seria da máquina fotográfica sem o olhar desse profissional? Claro que esse maravilhoso instrumento criado para registrar o tempo não necessita de tamanho romantismo mas sim de um olhar apurado e muitas vezes técnico para criar e transformar momentos em obras de arte.

Se utilizando de conhecimentos adquiridos com estudos relacionados a luz, profundidade, ângulo e composição esse profissional cria uma história através de imagens se utilizando de duas ferramentas. De sua máquina fotográfica e dos olhos.

Vale lembrar que câmera fotográfica chamada de Daguerreótipo foi a primeira câmera fotográfica do mundo. Seu criador Sr. Louis Jacques Mandé Daguérre que apresentou sua invenção na Academia de Ciências da França, em Paris no dia 19 de agosto de 1839.

O que aconteceria se o fotógrafo resolvesse fotografar sua principal ferramenta? Os olhos! Foi assim que o fotográfo Suren Manvelyan ficou conhecido mundialmente com suas fotos macro ou close-up de olhos humanos.

Suren Manvelyan é detentor de um PHd em Física, músico e também é um excelente fotógrafo desenvolveu uma técnica para fotografar olhos de tão perto que esses parecem uma superfície lunar.

Com uma média de 150 imagens de olhos humanos ele conseguiu montar um belo portfólio de lindas imagens de olhos criando a exposição “Your beautiful Eyes”.

Como são incríveis os nossos olhos. Além de lindos eles são a nossa identidade. Você sabia que não existe um olho igual ao outro no mundo? No mesmo indivíduo nem o olho direito é igual ao esquerdo.


Comentários