Consumo de luteína

O consumo de luteína pode tratar e prevenir contra problemas na visão?

O consumo de luteína traz diversas vantagens para os olhos. Por isso, é importante conhecer mais sobre essa vitamina e também como consumir e aproveitar todos os benefícios dela. 

Afinal, o que é luteína? 

A luteína é uma vitamina importante para a saúde dos olhos e também para os outros órgãos. Sendo que, esse nutriente pode ser encontrado em vegetais, frutas e legumes, na maioria de cor verde, como, por exemplo, a couve, espinafre e também o brócolis. 

Por isso, também é conhecida como a vitamina dos olhos, já que o consumo de luteína traz diversas vantagens para a visão. Conheça alguns alimentos com esse nutriente: 

  • Pêssego, abóbora e rúcula;
  • Laranja, tangerina e ervilha;
  • Milho, melão, e cenoura; 
  • Gema do ovo. 
Vídeo: Entenda os benefícios da luteína para a visão.

Quais os benefícios do consumo da luteína para os olhos? 

O consumo da luteína previne e trata problemas na retina da mesma forma que, de outros tecidos dos olhos. Isso porque, essa vitamina atua como um filtro protetor da visão contra os raios de sol. Aliás, veja abaixo outras doenças que esse nutriente previne: 

  • Catarata;
  • Bem como, previne o envelhecimento dos tecidos dos olhos;
  • Melhora a visão, durante à noite e em ambientes com pouca luz.

Luteína uma grande aliada contra doenças nos olhos 

A luteína, quando consumida nos legumes ou vegetais, forma uma proteção contra doenças na visão. Além disso, o uso dessa vitamina impede o progresso de males como o câncer. Por fim, veja outras vantagens desse nutriente: 

  • Melhora a qualidade da visão;
  • Forma uma barreira de proteção contra a luz azul que faz mal para os olhos; 
  • Também previne contra a miopia;
  • Forma uma defesa contra os radicais livres;
  • Assim como, cria uma proteção nos olhos contra os danos que a luz solar traz. 

O consumo de luteína é bom para o coração? 

Além de ser bom para os olhos, o consumo de luteína protege o coração. Sendo que sua função antioxidante ajuda prevenir alguns tipos de doenças no sistema cardiovascular.

Foto: Alimentos de cores verdes são os mais indicados para o consumo de luteína

Qual a quantidade de luteína ideal para consumo?

Não há uma quantidade certa recomendada para o consumo da luteína. Sendo assim, é seguro consumir porções altas de alimentos com ela. Entretanto, segundo estudos feitos, uma dose com 10 mg já é suficiente para tratar problemas na visão. 

Medicações com suplementação de luteína

Por ter diversos benefícios para os olhos, empresas de remédios nutricionais criaram medicamentos com a luteína como principal ingrediente. Contudo, só consuma produtos como esses com orientação de seu oftalmologista e também o nutricionista. 

A luteína possui efeitos colaterais? 

Não existem informações sobre efeitos que causam danos à saúde de quem consome a luteína.  O que pode acontecer é, que em casos em que a pessoa se alimenta em excesso desse nutriente é o aparecimento da cor amarela no corpo.

Dessa forma, essa coloração pode ser confundida com a icterícia, doença em que a pessoa fica com a pele e olhos amarelos. Todavia, esse alarme desse ser desconsiderado, eventualmente o amarelo desaparece após parar de consumir os alimentos com luteína.  

Quais os sintomas de quem tem deficiência dessa vitamina?

Problemas de visão são os principais sintomas de quem tem deficiência de luteína no organismo. Além disso, os outros possíveis problemas que a falta desse nutriente traz ao corpo são: 

  • Sensibilidade à qualquer fonte de luz;
  • Risco maior de câncer; 
  • Assim como, de outras doenças oculares e também do sistema cardiovascular;
  • Da mesma forma que maiores chances da visão ter problemas com envelhecimento; 
  • Diminuição da visão. 

E quando ocorre o excesso desse nutriente, o que acontece?

Não há nenhum sintoma ou efeito colateral por conta do consumo excessivo de alimentos com essa vitamina. Por outro lado, é sempre importante conversar com o seu médico antes de tomar qualquer medicamento para suplementação de luteína. 

Vídeo: Veja como a Luteína e Zeaxantina ajudam a visão.

Quais as vantagens ao consumir a luteína com a Zeaxantina? 

A Zeaxantina é um carotenoide (pigmentos naturais) com as mesmas funções da luteína. Ela é responsável pela cor amarela e alaranjada nos alimentos. Além disso, o consumo desse nutriente é essencial para o organismo, afinal ele não produz essa vitamina. 

Quando a luteína é consumida com a Zeaxantina traz vários benefícios para a saúde, pelo fato de que, esses dois nutrientes tem várias propriedades oxidantes. Assim, observe as vantagens de alimentos com essas vitaminas: 

  • Preveni contra o envelhecimento precoce, bem como, traz beleza para a pele e cabelos;
  • Protege a visão contra agentes externos;
  • Atua como um escudo protetor para o coração contra doenças cardiovasculares;
  • Contribui para que a visão fique mais saudável;
  • Ajuda na prevenção de certas doenças, pois estimula o sistema imunológico. 
Foto: Com o consumo de luteína, os olhos ficam mais saudáveis. 

Alimentos que tenham essas duas vitaminas juntas

Para um melhor consumo desses nutrientes é necessário consumir os alimentos que tenham a Zeaxantina com a luteína. Portanto, na lista abaixo, confira quais são: 

  • Couve de Bruxelas e melão; 
  • Kiwi, uva, ervilha e laranja;
  • Milho, alface, tangerina e cenoura. 

Quais os grupos de pessoas com maior chance de ter deficiência desse nutriente? 

O principal grupo com maior tendência a ter deficiência de luteína no organismo são as pessoas que raramente consomem. Além disso, outros fatores fazem com que a falta dessa vitamina prejudique o organismo.

Consumo em quantidades altas de café, cigarro e álcool

Ao consumir café, bebidas alcoólicas e também fumar, impede que os nutrientes deixem de ser absorvidos pelo corpo. Fazendo assim, que ocorra uma maior deficiência de luteína e demais vitaminas nos organismos.

Desnutrição 

A falta de alimentação completa causa uma maior falta de vitaminas essenciais no corpo. Além disso, quando se alimenta com base em refeições prontas e nada saudáveis levam a deficiência da luteína. Por isso, é importante consumir:

  • Frutas;
  • Legumes;
  • Verduras. 

Por que é necessário consumir alimentos que tenham luteína?

Uma dieta equilibrada com alimentos saudáveis e também a prática de exercícios físicos são as principais recomendações para uma saúde ocular de qualidade. Assim, em certos momentos é necessário a suplementação de nutrientes, como, por exemplo, a luteína. 

A luteína é fundamental para a saúde não só dos olhos, da mesma forma que previne diversas doenças em todo o organismo. Portanto, lembre-se sempre de consultar o oftalmologista e também o nutricionista que indicará a quantidade certa desse suplemento. 

Perguntas frequentes

Por que é importante o consumo da luteína? 

O consumo de luteína é importante para a saúde dos olhos. Bem como, ajuda prevenir e tratar doenças do coração e demais órgãos.

Quais alimentos têm maior consumo de luteína?

Os alimentos de cor verde e alaranjada como rúcula, cenoura e também gema do ovo são os que têm maior consumo de luteína. 

O consumo de luteína ajuda a melhorar a visão? 

O consumo de luteína auxilia no melhoramento da visão, além de tratar e prevenir qualquer problema nos olhos.


Comentários