Entenda a importância do colírio e quando ele é indicado

Você provavelmente já usou algum colírio na vida, não é mesmo? A questão que muita gente não sabe, é que, mesmo sendo tão popular, ele é um medicamento e, por isso, precisa de indicação médica.

Além disso, o mau uso dos colírios pode trazer danos sérios à sua saúde ocular. Para entender quais são os riscos de usá-los da forma errada continue lendo a matéria.

Mas antes, que tal uma pequena introdução sobre os tipos de colírios e a importância deles?

Conheça os tipos de colírio

Antes de apresentar os tipos de colírio em si, é importante entender que eles são importantes aliados na manutenção da saúde dos seus olhos e no tratamento de diversas doenças oculares.

Agora, vamos aos tipos de colírio:

Lubrificante

Esse é o tipo mais comum e popular de colírio. Ele não trata uma doença em si, mas recomenda-se para manter a umidade dos olhos e são perfeitos para casos de ardência, olhos secos, para usuários de lentes de contato e para quem fica muito tempo em frente às telas ou exposto a ares-condicionados.

Anti-inflamatório

Já os colírios anti-inflamatórios, são os mais indicados para casos de conjuntivite viral, ceratite, inflamações na córnea e alguns pós-operatórios.

Eles podem ser hormonais ou não hormonais, que contém corticóides, ou não-hormonais.

Antialérgico

As alergias oculares são bem comuns. Elas podem ser causadas por poeiras, tempo seco, pelos de animais, ou muitos outros motivos. Mas em geral, elas costumam gerar vermelhidão e ardência e para aliviar esses sintomas os mais indicados são os colírios antialérgicos.

Antibiótico

No caso dos colírios antibióticos, o tratamento acaba sendo ainda mais rigoroso, porque, assim como qualquer outro antibiótico, caso o paciente não siga o tratamento à risca a saúde ocular dele pode sofrer prejuízos.

O oftalmologista costuma indicar esse tipo de tratamento para casos de infecções causadas por bactérias.

É importante ressaltar, que além desses, existem muito outros tipos de colírios e cada um tem sua especificidade. Por isso, antes de começar um tratamento usando colírios, consulte um oftalmologista e siga as indicações dele.

Perigos do mau uso do colírio

Foto: Canva

Como o uso de colírio é muito popular, é bem comum que ele seja usado sem prescrição médica, o que pode ser bastante prejudicial para a saúde dos seus olhos.

Como já dissemos anteriormente, é sempre importante buscar um oftalmologista antes de começar um tratamento com colírio. Isso porque, você pode usar o produto errado e acabar danificando ainda mais sua saúde ocular.

Confira alguns perigos do mau uso dos colírios:

  • Contaminação por compartilhar o colírio
  • Piora do quadro, já que você pode estar aplicando o produto errado
  • Surgimento de novas doenças, como úlceras na córnea
  • Dependência

Usuários de lentes de contato podem usar colírio?

Que usa lentes de contato pode, sim usar colírio, mas existem alguns específicos para esse público. Por isso, mais uma vez, é importante ir a um médico e ele indicará o produto ideal.


Comentários