feitas de vidro

Lentes de contato: será que elas também são feitas de vidro?

A formação dessas lentes feitas de vidro é uma dúvida que passa pela cabeça de algumas pessoas. Principalmente, aos que pretendem usar esses acessórios. Isto porque sua composição causa uma certa preocupação.

Esse receio tem feito que muitos desistam do uso por medo de terem muito incômodo ao colocá-las. Entretanto, atualmente existem diversas categorias de lentes com composições diferentes e adaptáveis aos olhos.

Contudo, a formação delas é algo que até chega a gerar bastante curiosidade quando são comparadas aos óculos. No qual, são fabricados com vidro. Mas, então, do que elas são produzidas? Acompanhe a seguir.

Principais categorias das lentes de contato

Há variadas lentes não vitrais. Cada uma é adaptada ao grau e necessidade do usuário. Elas corrigem problemas e incômodos visuais, e melhoram a estética. As quais são:

  • Gelatinosas;
  • Rígidas;
  • Tóricas
  • Terapêuticas;
  • Estéticas;
  • Multifocais.

Composição

Antes de saber se as lentes são feitas de vidro é importante conhecer os materiais da maioria delas, que são:

  • Plástico;
  • Silicone;
  • Hidrogel;
  • Gás permeável;
  • Acrílico

Alguns dos elementos acima também são misturados com outros. Como exemplo, temos as lentes gelatinosas feitas de composto de água e plástico. E também as com silicone e hidrogel. Dessa forma, é mais fácil usá-las, pois já são produzidas para evitar incômodos.

Algumas são feitas de vidro?

Atualmente não existem mais lentes feitas de vidro. No entanto, já existiram e foram as primeiras a serem criadas.

Primeiras lentes feitas de vidro

O responsável pela criação delas foi o Dr L. Heine, da Universidade de Kiel, no fim do século 19. Ele acreditava que com a utilização dessas delicadas lentes, os óculos seriam desnecessários. Entretanto, algumas pessoas tiveram muita dificuldade em usá-las.

Quem conseguia se adaptar a elas podia utilizá-las por algumas horas. Entretanto, elas foram modificadas para que seu uso ficasse mais agradável.

Diferenças e semelhanças das feitas de vidro com as rígidas

As lentes conhecidas como rígidas talvez sejam as mais parecidas com as de vidro. No entanto, elas possuem uma composição que dá mais maleabilidade. Portanto, se ajustam melhor aos olhos.

Apesar do nome, elas não são feitas de vidro e são bem confortáveis de serem usadas. Isto porque possuem polimetilmetacrilato e outros componentes que melhoram a circulação de oxigênio nos olhos.

Essas lentes costumam ser recomendadas em situações mais sérias de miopia, ceratocone, hipermetropia ou astigmatismo. Ou seja, quando é preciso usar graus bem elevados para correção da vista.

Principais cuidados

Apesar de não serem feitas de vidro, as lentes precisam de alguns cuidados diários para prevenir futuros problemas.

Entre as atenções que é importante você ter é a higiene. Então, é preciso seguir as orientações passadas pelo oftalmologista. Além disso, é necessário evitar dormir com elas, pois essa atitude seca os olhos. Assim como impede o fluxo de oxigênio.

A validade delas também deve ser respeitada. Logo, para segui-la você pode acessar sua embalagem ou rótulo.

Com essas simples atitudes é possível prevenir irritações, infecções e mais dificuldades causadas pela falta de cuidado. Assim, os olhos se mantêm saudáveis com os modelos adequados a eles.


Comentários