ardência nos olhos

Ardência nos olhos: as causas mais comuns

A ardência nos olhos é um sintoma que pode ser sentido por qualquer faixa etária. Visto que, a mesma pode ser ocasionada por situações simples, como durante o banho. Mas também pode simbolizar causas mais complexas.

Por conta disso, antes de buscar uma solução é preciso conhecer a possível causa. Além de observar se existe a ocorrência de outras alterações visuais. Assim, o médico poderá conduzir o melhor tratamento. Para isso, separamos as principais causas.

Por que acontecem a ardência nos olhos?

A ardência nos olhos trata-se de uma irritação da região ocular. Nesse sentido, ela pode ser ocasionada tanto por fatores externos como por enfermidades. Por conta disso, costuma ser descrita de diferentes formas, tais como:

  • Desconforto;
  • Areia nos olhos;
  • Incômodo;
  • Queimação.

Contudo, um ponto comum é que normalmente estas sensações provocam coceira. Logo, em busca de alívio a tendência é que você realize esta ação inúmeras vezes. Mas é de extrema importância que se evite coçar os olhos, pois:

  • A sensação tende a piorar, já que os olhos estão sendo estimulados a produzir substâncias químicas;
  • Em casos de contaminação, você pode agravar a situação.

Alergia como causa da ardência nos olhos

O sistema imunológico detecta a presença de um corpo estranho no olho. Sem dúvidas, irá responder em forma de alergia. Assim, além da ardência nos olhos outros sintomas comuns neste caso são:

  • Olhos vermelhos;
  • Coceira;
  • Presença de lágrimas;
  • Pálpebras inchadas.

Lembre-se que estas alergias podem ser momentâneas ou ser desenvolvidas ao longo dos anos. Por isso, esteja sempre atento à validade de lentes de contato e cosméticos. Ademais, evite o contato dos olhos com produtos como shampoo, protetor solar.

Síndrome do olho seco

Este é um problema muito comum a pessoas que utilizam eletrônicos por um longo período. Pois, sua frequência de piscada é reduzida com o tempo e, consequentemente, reduz a lubrificação. Ou seja, ocasiona a ardência nos olhos.

Em alguns casos, este problema pode se não tratado adequadamente pode desencadear outras enfermidades. Por isso, lembre-se de piscar diante de um computador. Para ajudar você também pode contar com soro fisiológico ou colírio.

Exposição a fatores externos causam ardência nos olhos

No dia a dia algumas exposições são causas comuns de ardência nos olhos. Dentre as principais podemos citar: poeira, fumaça, baixa umidade do ar e vento. Afinal, estes fatores ocasionam o ressecamento da região ocular.

Nesse tipo de situação o mais recomendado é lavar o rosto com água fria. Ou mesmo, utilizar de duas a três gotas de soro fisiológico em cada globo ocular. Desta forma, é possível remover as impurezas, consequentemente reduz a ardência.

Consulte um oftalmologista

Em alguns casos, a ardência pode ser um sintoma de problemas visuais mais sérios. Principalmente quando esta vem acompanhada de outras alterações que prejudicam a visão, tais como:

  • Visão dupla ou embaçada;
  • Secreção;
  • Sensibilidade à luz – de modo excessivo.

Entretanto, caso não ocorra o surgimento de nenhum sintoma adicional. Mas a ardência ainda persiste por dias, mesmo com os cuidados básicos. Então, busque por um oftalmologista de sua confiança o mais rápido possível, para investigar a causa.


Comentários