Expor olhos à luz vermelha

Expor olhos à luz vermelha reduz problemas de visão, diz estudo

Segundo uma pesquisa, expor olhos à luz vermelha pode trazer vantagens à visão. O estudo foi feito pela University College London. Então, essa descoberta pode trazer mudanças significativas para a medicina.

Conheça mais sobre a pesquisa e veja quais foram os dados que ela trouxe. Além disso, descubra se você pode utilizar a luz vermelha no dia a dia sem um acompanhamento médico.

O que é luz vermelha?

Já se usa essa luz para a saúde há algum tempo. O uso mais conhecido com ela é a terapia da luz vermelha. Com isso, o tratamento diz ajudar na regeneração celular e incentivar o sistema de defesa do organismo.

No caso desse tipo de tratamento, ele é feito no corpo. Assim, as ondas de luz em baixa potência são emitidas diretamente na pele. Não produz calor e quem faz não chega a sentir o processo, o que significa que não causa dor.

A pele absorve a luz em uma profundidade de oito a dez milímetros. Além disso, esse tratamento deve ser feito algumas vezes na semana, de dez a quinze minutos. Seus benefícios são:

  • Melhorar a circulação de sangue;
  • Reparar feridas e tecidos;
  • Produz efeitos antienvelhecimentos relacionados à perda de pele ou cabelo;
  • Aumenta a saúde articular.

Expor olhos à luz vermelha: como funciona

Para expor olhos à luz vermelha é preciso ter mais cuidado. Afinal, essa região é muito mais sensível que a pele. Sendo assim, o tratamento deve ser feito de forma diferente.

Estudos apontam que a luz pode proteger a visão com segurança e curar danos e tensão. Além disso, é mais benéfico ainda para pessoas com 40 anos ou mais. Nessa idade os problemas oculares começam a ficar mais comuns.

Diferente da terapia feita na pele, que tem contato com a luz de dez a quinze minutos, os olhos não podem ficar por tanto tempo. Por isso, o recomendado é expor por três minutos, apenas uma vez na semana.

A pesquisa e seus resultados

O estudo foi feito com pessoas que não possuíam doenças oculares. Além disso, as idades iam de 34 até 70 anos e, antes, precisavam responder um formulário sobre a própria saúde dos olhos.

Eles precisaram expor olhos à luz vermelha entre oito e nove da manhã por três minutos. A luz era do tipo LED e, depois de três horas, os pesquisadores testaram a visão de novo. Isso foi feito uma vez na semana por algum tempo.

Os testes mostraram uma redução dos problemas de visão. Ainda mais, pode ser usado até mesmo em tratamentos. Sendo assim, os resultados apresentaram certos benefícios como:

  • Nos mais velhos, a visão teve um aumento de 20%;
  • Quem estava com lesão ocular teve uma cura mais rápida;
  • Evolução por volta de 17% da visão para contraste de cores;
  • Melhora na visão de quem possuía degeneração macular por idade avançada ou glaucoma.

Expor olhos à luz vermelha: quais doenças ela previne?

As vantagens para os olhos que se expõem à luz vermelha são enormes. Agora, estudos devem buscar comprovar a eficácia e mostrar quais doenças podem ser evitadas. Conheça algumas que já mostram sinais de melhora.

Tratamento para o glaucoma

O glaucoma gera danos no nervo dos olhos, o que pode ocasionar perda da visão. Hoje, muitas pessoas são atingidas pela doença que não tem cura. Além disso, as chances de ter esse problema aumenta com a idade.

Tratamento com luz vermelha parece ser uma boa alternativa, segura e eficaz. O melhor é que é natural, sem ter algum efeito colateral ou precisar de uma intervenção cirúrgica.

Retinite pigmentosa

Essa doença danifica partículas da retina e, no início, é difícil ver no escuro. Ainda mais, começa a afetar a visão periférica, do canto dos olhos. Por fim, os olhos chegam à cegueira.

Ao expor olhos à luz vermelha, essa doença pode ser evitada. Afinal, ela ajuda na função da mitocôndria. Ou seja, as células fotorreceptoras não morrem, e o cargo que a retina ocupa é preservado.

Lesões oculares

Pela área ser muito sensível, causar algum dano nos olhos é muito fácil. Além disso, podem ser permanentes, como quando acontece um acidente químico. Mas, a boa notícia é que a luz se mostrou ser muito boa para curar essas lesões.

Expor olhos à luz vermelha: perda de visão

A chance da visão ser danificada conforme a idade é enorme. Ainda mais quando a pessoa já tem 40 anos ou mais. Nesse momento, células da retina começam a envelhecer por causa da diminuição das tarefas mitocondriais.

O tratamento com luz vermelha melhora a eficiência da mitocôndria. Assim, elas melhoram a atividade da retina e podem proteger os olhos da perda de visão. Ou seja, demonstra ser também um método para prevenir o problema.


Comentários