Uso de colírio pode fazer mal?

Existe muita especulação se o colírio pode fazer mal. Muitos acreditam que isso não passa de mito, enquanto outros têm certeza desses efeitos negativos. É uma questão muito presente quando se fala de saúde dos olhos.

Dessa forma, esse artigo tem o intuito de te responder essa pergunta. Acompanhe tudo sobre esse assunto e, ao final dessa leitura, tire suas próprias conclusões.

O colírio pode fazer mal?

Uma boa parcela da população brasileira está acostumada a usa esse tipo de medicamento por conta própria. Desse modo, muitos não se preocupam se seu uso de fato pode prejudicar a saúde dos olhos.

Isso é um grande erro, no entanto. Assim como qualquer outro remédio, os colírios podem ser prejudiciais sim. Só para você ter uma ideia mais clara, preste atenção em um dado do Ministério da Saúde.

De acordo com o mesmo, automedicação é uma das principais consequências de intoxicação. Dessa forma, tudo deve ser usado com base na prescrição médica.

O colírio pode fazer mal, certo? Então porque as pessoas ainda insistem nessa prática que pode ser tão danosa? Talvez seja interessante repensar sobre isso.

Agora, vamos falar de maneira mais específica. Quais são as reais consequências disso? O próximo tópico irá abordar esse assunto com mais detalhes. Confira.

O uso indevido de colírio e seus respectivos problemas

Essas condições estão diretamente relacionadas ao excesso ou uso inadequado de colírio. No entanto, isso só é possível devido a altíssima capacidade que esse medicamento tem de penetrar no organismo.

O que acontece é que o líquido pode acabar entrando pelo orifício onde sai a lágrima (ducto lacrimal). Desse modo, o mesmo se infiltra na rinofaringe e atinge a circulação sanguínea.

Como consequência, você fica com seus vasos sanguíneos e artérias mais estreitas que o normal. Isso resulta em uma série de problemas, além de oftalmológicos. Um dos principais exemplos são os possíveis danos cardíacos.

Outras condições que podem surgir dessa prática

O uso de colírio pode fazer mal. No entanto, é importante saber que os problemas causados a saúde dos olhos variam de acordo com o tipo utilizado. Desse modo, tem-se um espectro grande de condições que podem surgir como consequência disso.

1- Colírio anti-inflamatório com corticoide

Seu uso desregulado pode acarretar em catarata e glaucoma. Isso porque ele é bem agressivo, e penetra mais facilmente no organismo. Portanto, é um dos que reque mais cuidados.

2- Colírio antibiótico

Aqui, o indivíduo pode desenvolver infecções no olho e até mesmo, perfuração da córnea. Uma característica desse medicamento é que ele pode deixar bactérias mais resistentes.

3- Colírios vasoconstritor

Comum causar situações de dependência e até catarata. O mesmo diminui a inflamação no olho por meio da redução da circulação sanguínea no local.

Como utilizar colírio de forma correta?

Agora que você já entendeu os perigos dessa prática, vamos passar para um ponto bem importante. Já se sabe que colírio pode fazer mal quando utilizado de maneira indevida. Então, qual a forma correta de aplicar esse medicamento?

  • Procure um médico antes de qualquer coisa;
  • Não encoste a ponta do colírio nos seus olhos;
  • Não pisque muito após a aplicação;
  • Jamais compartilhe esse tipo de medicamento;
  • Fique atento ao prazo de validade.

Comentários