Doenças oculares infantis: 5 problemas comuns

As doenças oculares infantis costumam prejudicar as crianças e isso requer uma solução para uma melhor qualidade de vida. Com isso é importante que os pais saibam quais são as principais que podem ocorrer.

Dessa maneira, elaboramos um texto que indica os problemas visuais mais comuns nos pequenos. Então vamos verificar informações a respeito disso e conhecer quais são esses fatores.

Doenças oculares infantis: miopia

Sem dúvida, uma das condições que mais vem ocorrendo é justamente a miopia que não permite enxergar de longe. Dessa maneira, a pessoa visualiza os objetos, pessoas e paisagens com um embaçamento na vista.

Consequentemente as imagens não são focadas da forma correta na retina dela e isso dificulta realizar certas tarefas. Por certo, as crianças costumam apresentar a miopia e isso tem se tornado bastante comum.

Embora ela seja considerada como sendo de caráter hereditário, o uso prolongado de aparelhos eletrônicos pode gerar esse fator. Como resultado temos uma das doenças oculares infantis mais conhecidas.

Outro ponto importante é que os pais devem levar as crianças para realizar exames com um oftalmologista. Pois, somente ele é quem poderá indicar se o problema está realmente ocorrendo e buscar um tratamento.

Hipermetropia: doenças oculares infantis

Inegavelmente a hipermetropia também atrapalha a visão das crianças e precisa ser corrigida. Nesse sentido, esse fator causa uma grande dificuldade para enxergar corretamente o que está perto da pessoa.

Assim, os pequenos podem evitar certas brincadeiras ou leitura de livros, e isso indica que a hipermetropia está presente. Além disso, se a visão estiver turva quando próximo a alguns objetos, esse pode ser outro sinal. Por isso, elas costumam preferir atividades que sejam ao ar livre.

Astigmatismo: doenças oculares infantis

Por sua vez o astigmatismo é a união da miopia e da hipermetropia, dificultando enxergar em várias distâncias. Ou seja, uma das doenças oculares infantis que mais prejudicam seria a desse tipo.

Já que ela não deixa com que a criança visualize nem de perto e nem de longe, trazendo prejuízos. O astigmatismo acontece devido a diversos pontos de luz que ocorrem na retina, e isso embaça a visão.

Ambliopia

Esse outro tipo de dificuldade visual que ocorre em crianças, faz com que um dos olhos perca a visão. No caso, isso dura por um certo período e costuma voltar ao normal depois de um certo tempo.

Entretanto, um médico oftalmologista sempre deverá ser consultado para fazer exames específicos. A fim de evitar problemas futuros, o diagnóstico deverá ser realizado da maneira mais precoce possível.

Doenças oculares infantis: estrabismo

O estrabismo é uma das doenças oculares infantis mais conhecidas e isso costuma ser hereditário. Dessa forma, os olhos não conseguem se alinhar e isso pode prejudicar muito a visão da pessoa.

Então, somente um profissional poderá analisar qual o tipo de estrabismo e definir um tratamento ideal. Com isso, se torna possível evitar a ambliopia que pode surgir mediante a não correção da condição.

Além disso, a questão estética também é importante e isso deve ser observado pelos pais e pelo oftalmologista. Inegavelmente o melhor a fazer é estar sempre levando os filhos para realizar exames oculares. E assim eles poderão ter uma vida mais saudável.


Comentários