Mito: Leite Materno não cura conjuntivite

Logo de cara saiba que leite materno não cura conjuntivite. A maternidade por si só é um processo bem complexo. Desse modo, é necessário muito cuidado com tudo o que o envolve.

Isso porque algumas interações podem ser muito perigosas para serem utilizadas no dia a dia. Assim, o mais indicado sempre é buscar orientação médica. Um bom profissional irá passar todas as devidas orientações.

Sendo assim, esse artigo tem o intuito de te ajudar a entender mais sobre isso. Veja porque esse assunto é um mito. Confira também, o que a prática indevida dele pode gerar na saúde das pessoas.

Um pouco sobre a conjuntivite

Essa é uma doença bastante conhecida. Muitas pessoas sofrem diariamente com ela. Antes de sabermos um pouco mais, importante frizar que leite materno não cura conjuntivite. Portanto, não tente isso em casa.

Então, seguindo, essa condição se caracteriza por uma inflamação na membrana, chamada de conjuntiva. Essa última é responsável por cobrir a região do globo ocular. Também, protege a parte interna das pálpebras.

Assim, esse problema pode ser causado por vários agentes. São eles alergias, vírus, bactérias ou irritações. O mais interessante é que o tratamento adequado sempre vai depender da causa.

Leite materno não cura conjuntivite: os remédios caseiros

Uma pesquisa mostrou um dado bem alarmante. Segundo ela, cerca de 30% das pessoas com esse problema, demoram a buscar ajuda médica. Isso acontece exatamente pela influência que as receitas caseiras têm até hoje.

De fato, muitas delas funcionam, o que, infelizmente, não é o caso aqui. Leite materno não cura conjuntivite. Apesar de muitas pessoas acreditarem nisso. Essa prática pode piorar bastante o quadro de uma pessoa doente.

Sendo assim, esse leite pode trazer consigo inúmeras substâncias danosas. Sejam bactérias, vírus, fungos, parasitas e por aí vai. O ponto é que a presença deles causa uma infecção ainda pior.

Em alguns casos, muitas pessoas chegam até a perder a visão. Desse modo, usar esse líquido no olho é colocar em risco sua saúde. Nenhum especialista qualificado irá indicar esse tipo de tratamento.

Como tratar a conjuntivite?

O mais recomendado é lavar os olhos e aplicar compressas de água gelada. Ela deve ser sempre filtrada e fervida. Usar soro fisiológico também é uma boa opção. No caso da viral, não existe um medicamento em específico.

No entanto, cuidar da higiene ajuda a evitar contaminação e agravamento. Agora que você já sabe que leite materno não cura conjuntivite, cuidado. O mais importante é nunca se automedicar.

Assim, qualquer remédio deve passar pela avaliação de um médico antes. Isso também se aplica aos colírios. Muitos deles podem causar reações seríssimas em alguns indivíduos.

Leite materno não cura conjuntivite: curiosidades

A primeira coisa a se saber é que essa condição costuma durar cerca de 7 a 15 dias. Durante esse período é fundamental evitar contato direto com outras pessoas.

Não compartilhe objetos pessoais. Muitas vezes, crianças são dispensadas da escola e adultos do trabalho.

Além disso, como foi dito, existe mais de uma causa para esse problema. Dessa forma, é necessário se atentar a qual delas se faz presente. Por fim, lembre-se que leite materno não cura conjuntivite. Cuide da saúde do seu olho sempre.


Comentários