Olhos pretos

Olhos pretos: essa cor rara existe

Todo mundo pensa que ter olhos pretos é super comum. Porém, não é bem assim. Há controvérsias quando o assunto é essa cor, e alguns até chegam a afirmar que ela não existe. Entenda essa afirmação e saiba porque ele está entre os mais raros.

Parece uma cor muito comum, mas, na verdade, especialistas afirmam que olhos castanhos escuros são confundidos com pretos e que esta não existe de forma natural. Enfim, artificial ou não, ela está entre as cores mais raras do mundo.

O que determina a cor de um olho

A parte colorida do olho é chamada íris. É ela que determina a cor do olho. Em suma, ela é determinada pela combinação de 16 genes herdados do pai e da mãe. No entanto, três elementos principais dentro desta contribuem para a sua pigmentação:

  • melanina do epitélio pigmentar;
  • melanina dentro do estroma da íris;
  • densidade celular do estroma.

Os olhos de cor escura têm uma maior concentração de melanina, enquanto os claros têm uma quantidade muito baixa de mesma presente no seu estroma. Por enquanto, o castanho é considerado a cor mais comum e, quando escuros, são confundidos com olhos pretos.

Estudiosos acreditam que no início dos tempos só existiam seres humanos com olhos castanhos. Somente mais tarde, com as mutações genéticas, começaram a surgir cores variadas.

Existem olhos pretos

Alguns especialistas acreditam que não existem olhos pretos. Em resumo, o que acontece é que a íris castanha muito escura pode ser confundida com a cor negra em ambientes mal iluminados.

Além do preto ser considerado inexistente, olhos de cor castanho escuro e que aparentam negros, são raros. Diante disso, esse privilégio é encontrado em pessoas sul-europeias, asiáticas, africanas, nativas-americanas e árabes. E correspondem a 1% da população.

Na verdade, não existe olho com a íris preta. No entanto, algumas doenças podem fazer com que haja mutações, modificando a cor da mesma. Fatores externos como a luz, a pele e produtos de beleza podem interferir na impressão que se tem do olho.

Aniridia: doença que deixa os olhos pretos

Patologias como a aniridia afetam a cor dos olhos. Esta, por sua vez, se trata de uma doença rara em que o portador não possui a íris. Ou seja, o que se vê é a pupila, que é naturalmente escura, e dá a impressão de ter olhos pretos.

Esta condição geralmente vem acompanhada de outras doenças oculares como glaucoma, catarata e estrabismo. Diante disso, deve-se fazer o tratamento correto e consultar regularmente um oftalmologista.

Quais as cores de olhos mais raras

Dizer que uma cor é rara é complexo. Pois, algumas podem ser comuns em regiões do mundo e em outras não. Entretanto, uma estimativa feita pelo site americano de educação e ciência Wolcation, selecionou as cinco cores de olhos mais difíceis de serem encontradas:

  • Verde;
  • Ambar;
  • Vermelho;
  • Violeta;
  • Preto.

Afinal, existem ou não olhos pretos

Diante do exposto, é possível verificar que não existem olhos pretos naturais. Sendo assim, o que ocorre é que pessoas com a íris castanho escura passam a impressão de que eles são de cor negra.

Sendo realmente pretos ou não, é fato que olhos escuros são lindos. Além do que, produzem um ar de mistério e sedução em quem o possui. Então se você é privilegiado com um olhar assim, se sinta orgulhoso, pois está entre as pessoas mais raras do mundo.


Comentários